Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

NEABI

Publicado: Domingo, 02 de Abril de 2017, 09h32 | Última atualização em Domingo, 02 de Abril de 2017, 09h32 | Acessos: 601

Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas

O Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas –NEABI será composto por servidores e estudantes do IFSP e promoverá estudos e ações sobre a temática das relações étnico-raciais na instituição educacional, fundamentadas nas Leis N° 10.639/2003 e 11.645/2008, que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino da História e Culturas Afro-brasileiras e Indígenas.
O NEABI deverá:

  • Promover a discussão e a capacitação dos servidores do IFSP, através de grupos de estudos, seminários, palestras etc., visando o reconhecimento e a valorização do tema das relações étnico-raciais e da diversidade cultural da sociedade brasileira;
  • Promover atividades de ensino, pesquisa e extensão sobre a temática;
  • Propor ações que levem a conhecer o perfil da comunidade interna e externa do Campus nos aspectos étnico-raciais;
  • Desenvolver ações para promover a efetiva implementação das leis n°10.639/03 e n° 11.645/08 que instituiu as Diretrizes Curriculares, buscando assegurar a prática educacional pluricultural e pluriétnica; 
  • Promover o debate internamente sobre as ações afirmativas, em articulação com os núcleos sócio pedagógicos dos campi, sobre seus desdobramentos e impactos no IFSP;
  • Promover o intercâmbio científico e cultural entre as comunidades interna e externas ao Instituto: universidades, escolas, comunidades negras rurais, quilombolas, comunidades indígenas e outras instituições públicas e privadas; 
  • Incentivar a participação de grupos socioculturais referentes à cultura afro-brasileira e indígena, em parcerias estratégicas entre estudantes, servidores e a sociedade do entorno dos câmpus do IFSP.
  • Estimulado e promovido pela Pró-reitoria de Extensão/PRX, o Neabi será mais uma ação para o reconhecimento e a valorização da diversidade cultural brasileira no âmbito da nossa instituição.
registrado em:
Fim do conteúdo da página